fbpx

JAVIER VENCEU. E AGORA? 

Compartilhe!

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

02.12.2023. 

Se Javier Milei, Donald Trump e Jair Bolsonaro forem semelhantes em algo mais além da imagem cômica, já se tem claro o futuro do presidente eleito da Argentina. 

Ferino nas declarações sobre o presidente Lula durante a campanha, Milei estendeu a mão a ele com a proposta de conciliação. numa carta onde está dito:  “(…) que nosso tempo juntos como presidentes e chefes de governo seja uma etapa de trabalho frutífera e de construção de laços que consolidem o papel que Argentina e Brasil podem e devem desempenhar na comunidade internacional”. 

A carta mostra que Javier Milei não deseja ser o líder de uma seita, opção que fizeram Donald Trump e Jair Bolsonaro. Nisso pode estar a prova de que a semelhança entre os três é apenas pela fisionomia engraçada. 

No dia 22 de outubro, quando ainda corria o primeiro turno da eleição na Argentina, escrevi: “A Casta está com medo”, onde mostrei confiança na vitória dele e registrei: Para despedir de vez os políticos que derrotará, Javier Milei terá a necessidade de dialogar com os eleitores que derrotou sem perder os que conquistou, algo que só a estratégia como instrumento de trabalho na comunicação poderá garantir. 

Torço para que ele consiga. Jair Bolsonaro e Trump não conseguiram, pois preferiram espezinhar os eleitores vencidos por eles. Radicalizaram. O resultado está posto. 

Mais Publicações

Cometário rápido

A DEMOCRACIA E O GOLPE. 

Carnaval de 2024.  O último capítulo do livro “Sexta-feira, 13 – os últimos dias do governo João Goulart”, o autor Abelardo Jurema, Ministro da Justiça

Quer aprender mais sobre política?

Conheça nosso curso.