fbpx

Para cada ditador, pelo menos um covarde.

Compartilhe!

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Quando observo a experiência das nações com a ditadura, concluo que para existir um ditador é essencial, extremamente necessário que exista pelo menos um covarde, pois os ditadores não cumprem ordens nem da própria consciência. 

Sadam Hussein, Hitler, Chavez, Fidel, Geisel, Médici conseguiriam ser o que foram sem contar com uma porção de covardes que cumprissem as ordens deles? Eles mesmos, sozinhos, teriam força para colocar alguém nas cadeias, torturar, matar, silenciar ou exilar? Com certeza, não. Então, quando se deseja acabar com uma ditadura ou se demite o ditador ou seus obedientes covardes, concorda? 

Mais Publicações

Quer aprender mais sobre política?

Conheça nosso curso.