fbpx

Presidência da República, uma função insalubre. 

Compartilhe!

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

30 de junho de 2023. 

Jackson Vasconcelos 

Nasci em outubro de 1953. Em agosto de 1954, Getúlio Vargas deu um tiro no peito e ao fazer isso decidiu a eleição do ano seguinte. Se vivo, ele apoiaria Juscelino Kubitschek. Morto tornou mais fácil a vida do candidato dele. JK venceu com 33,8% dos votos e enfrentou uma barra para tomar posse, pois os adversários vencidos inventaram todo tipo de motivos para que a eleição não valesse. A Constituição sobreviveu e Juscelino assumiu, fez um bom governo, perdoou os adversários, mas não foi perdoado por eles e, por isso, amargou muito até o final da vida. 

Após Juscelino, Jânio surgiu. Foi eleito. Não aguentou o tranco e renunciou. A Constituição Federal impunha a posse do Vice-Presidente. Mas, o que é a Constituição diante de adversários contrariados? Para que o Vice-Presidente fosse empossado presidente, mudou-se a Constituição para se ter um novo regime. E depois mudou-se novamente para voltar ao regime anterior e logo depois, jogaram-na para o alto para expurgar o empossado. 

Surgiram os generais. Um deles adoeceu no meio do mandato. A Constituição mandava que se desse posse ao Vice-Presidente. Mas, a Constituição…sabem como é né? A Junta Militar tomou conta do governo. Seguimos assim, de general a uma junta de uma junta a outro general e a um novo general e general de novo, até que encerramos com o ciclo dos generais. 

O civil Tancredo Neves foi eleito Presidente pelos representantes do povo. Morreu antes de assumir. A Constituição dizia que o Vice-Presidente só seria Vice de fato se empossado no mesmo momento que o titular. Mas, o que é a Constituição? A Constituição a gente muda ou emenda. E assim fizemos, emendamos, mudamos e continuamos a emendar. E por conta dessa mudança, o povo voltou a eleger, por ele mesmo, os presidentes do Brasil. O primeiro eleito diretamente durou pouco, mas pelo menos o Vice-Presidente não teve problemas para assumir. 

Bem gente, o resto da história eu não preciso contar com detalhes, para provar que a função de Presidente da República do Brasil é insalubre. Mas, fico com comichão para dizer: O Presidente de hoje já foi presidente outras vezes e ficou preso por um tempo. O Presidente de “ontem” agora está inelegível por oito anos. 

Sei não, minha gente, mas eu fico cismado com a nossa História. Não terá alguma coisa errada com esse nosso jeito de fazer presidentes? 

Mais Publicações

Quer aprender mais sobre política?

Conheça nosso curso.